segunda-feira, 10 de março de 2008

Para recordar, apeteceu-me.

Acredito que esta Liberdade

Não passa de uma Ilusão

Vendida como os produtos


Através da televisão

Vivemos num universo

Altamente manipulador

Num sonho disperso

Sem verdade e pouco Amor


Num jogo de poder

Sem escrúpulos nenhuns

Onde cansaço tira o saber

A quase todos e menos alguns


Mudar parece improvável

Mas é sempre possível

Como uma energia renovável

O Homem é altamente imprevisível


Tudo pode acontecer

Podemos acordar

Podemos querer saber

E do saber vem o mudar


Acredito nas coisas boas

Mesmo que existam muitas más

Acredito nas pessoas

Nas boas, que por ai há


Acredito no Infinito

Acredito na Liberdade

Acredito no que é Bonito

Acredito no que é Verdade


A Verdade esta no Sentir,

O Amar no Coração,

Não há lógica a seguir,

Vai para alem da Razão


Amar é sentir,

Sentir é viver,

Viver são todas as coisas.

Para alem de um único Ser


BNS

02-06-06

18 comentários:

bono_poetry disse...

a noite tambem te traz magia e consciencia...Sometimes i wish to be like fish in the bottom sea ...
Live between algae and shrimps ...
Speak the language of the octopus where are kings and lords ...
survive with plancton and water ... be deaf and mute in the world today live ...hurts less flows more ...

b disse...

...and just go with the flow...

Sim, já é tarde, muito tarde...:o)

Mariposa disse...

óóóó poeta!!!

Beijocas
Ana

b disse...

óóóóóóóóó minha AMIGA

larocas,
b

bono_poetry disse...

bem notada a falta de acentos..sim e intencional...um dia explico num texto que falta produzir...o teu comment vem repleto de conhecimento das necessidades de preservacao de meios essenciais...convido-te a ler alguns blogs que gosto de comentar...um deles
http://contoaqui.wordpress.com/

b disse...

Vou já lá espreitar!!!

Obrigada!

johnnybgood disse...

Tão bonito! Esta mulher de facto é muito multifacetada
:-)

b disse...

Agora até corei....ainda bem que por aqui não dá para ver nada!!!

Obrigada...:o)
b

bono_poetry disse...

e verdade ...gosto de borboletas...e flores...mas nao interpretes mal estes meus gostos!!!podes invadir o espaco!!!

b disse...

Lololoolol!!! Não de maneira nenhuma, compreendo os gostos! Vou coninuar com aminha invasão, já que me deixaste à vontade.

Obrigada!
bjs
b

marta disse...

Olá! Já sei que foi o Bruno que te levou até ao conto, eu vim retribuir a visita e gostei!

Também acredito na liberdade, no sentir, no viver...

b disse...

Obrigada Marta, volta sempre que quiseres!

:o)

bono_poetry disse...

saem flores la do meu jardim...a seguir chegam as borboletas!!!so para descontrair...essencias que vao passando!!!

Sorrisos em Alta disse...

Já mistura musicas, já faz letras... mais um cadinho e está num estúdio a produzir os seus temas!
:o)

Keep on!!!!

sweet kiss

b disse...

Acredito que esta Liberdade...1,2,3,4
Não passa de uma Ilusão...1,2,3,4
Vendida como os produtos...1,2,3,4
Através da televisão...1,2,3,4

E agora, com que letras faço a mistura????

Sorrisos em Alta disse...

Podes gritar "Toda a gente com mão na televisão, Yô", e continuas...
;o)

Sorrisos em Alta disse...

Um conselho (e um pedido) de amigo: tira o raio da verificação de palavras, pleeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeease!!!
(oh, pra mim de joelhos a implorar)
LOL

b disse...

Ahahahahahhahahah..."mão na televisão"...ahahahahaha!!!

Não consigo comentar...!

Como é que tiro a verificação...? Vou tentar descobrir...! Faço-te a vontade, claro...:o)