quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Ao meu querido Mr. T.

Passei agora no teu blogue, onde não nos deixas fazer comentários. Todo ele és tu e aquilo que te conheço. Vi o post de dia 22 e perguntei-me o porquê. Lembrei-me das nossas longas conversas até às tantas da manhã e dos chazinhos ao final da tarde com vista sobre Lisboa. Agora apetecia-me falar contigo. Porcaria de coisas que não precisamos para nada e nos tiram tanto tempo. Nesta verdade feita de mentiras relativas, a única certeza está no que nos é permitido sentir. E eu senti, saudades tuas, muitas.

Beijo, deste mau feitio tão parecido com o teu.

b

2 comentários:

Nuno disse...

Olá! É sinal que tens um bom amigo, mas sempre podes desabafar com ele pelo msn, fixo, telemóve...enfim, por tantos meios. beijos e um bom fim de semana!

b disse...

LoL...obrigada Nuno, não me estava a referir a desabafos embora que este amigo em questão tenha já sido alvo de muitos, assim como de riotas e risasdas. Obrigada pela visita! bom fim-de-semana para ti também.

bjis, b