quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Distancia Calada

O silencio também serve de resposta. Muda. O silêncio é a distancia da ignorância contaminada pela especulação, presa à expectativa de poder ser quebrada por um qualquer pronuncio sonoro de aproximação. É um vazio com eco de perguntas sem resposta que se diluem no fundo do tempo até deixarem de se ouvir. O silêncio é frio como uma manhã gelada de uma boca calada. E no silêncio me fico. Não me apetece dizer mais nada.

4 comentários:

Sorrisos em Alta disse...

Experimenta tocar 2 ou 3 horas de silêncio num set teu e vais ver...
;o)

b disse...

ahahahahahahah!!! atirava-me com copos de cerveja cheia à cabeça!

Sorrisos em Alta disse...

;o)

Bom fds!!!
(em silêncio, ou não!)

Beijinho

b disse...

Confesso que até agora escrevi mais do que falei...:-)