quarta-feira, 1 de julho de 2009

quem não sabe quem é, não sabe o que diz

escuto palavras ditas da boca para fora. oiço-as atiradas ao ar, leves pesadas, rápidas paradas. palavras que nada me querem dizer e torno a ouvir sem conseguir entender. palavras expressas de uma alma tão parca que pouco ou nada se vê. porquê? palavras usadas num jogo demente que partiu dum desígnio que já nasceu doente. palavras de verdades fingidas, presas em soltos ecos de onde não encontram saídas. perdidas, como a natureza de quem as diz. brotadas de um rasgo sem qualquer raiz. já poucos há aqueles que se sabem quem são. que não usam as palavras do pé para a mão. que não se levam a sério, nem para onde vão. que se querem ver livres desta alucinação.

que vivem no silencio de quem não usa a palavra para se fazer passar por quem não sabe que é.

10 comentários:

johnnybgood disse...

realmente...esta menina sai-se com umas coisas, impressionantes.

b disse...

ehhhhh Johnny, que exagero..lol! mas OBRIGADA! estas tuas visitas sabem-me sempre bem! Beijos...:-)

johnnybgood disse...

tem a noção do que escreves b, o que tu escreves é muito, muito bom.
acho que devias seriamente pensar em acrescentar ao teu curriculo uma experiência como autora de livros

André disse...

é um orgulho ser primo de alguém que escreve, fala e sente assim... obrigado... bjs

rootsandwings disse...

barbara, entrei no teu blog, porque vi a porta aberta. gosto muito do que escreves. sigo te. pode ser? bjo catarina

maggie disse...

subscrevo na totalidade o que o Johnny te disse b, acrescentando:
Esta menina está num estágio de consciência muita à frente, CONSCIÊNCIA PURA, Trust, Love, Express, Feel!!!!
és linda miúda.
Obrigada.

b disse...

johnny, não me considero assim tão boa escritora e quanto mais leio quem o sabe bem fazer, menos acho que sei..ehehe!!!;-)

b disse...

Primo! tb passaste por cá! sejas bem vindo! muitos, muitos, muitos mas mesmo muiiiiitos BEIJOS!

b disse...

Catarina, esta porta está sempre aberta. eu é que agradeço a tua visita, podes seguir, poder comentar, podes sentir-te como em casa, é esse o objectivo! vem sempre que te apetecer!

:-)

b disse...

Maggie...! nem sei o que te responda. obrigada pelo teu comentário, mesmo, é engraçado saber de que forma nos vêem, ou lêem, neste caso!