domingo, 20 de dezembro de 2009

a vida pode ser bela quando cor-de-rosa














-->


esta imagem foi retirada de um “post” de um amigo, no facebook. ao que parece, alguém anda a espalhar estes post-its pelas mais variadas paredes e outras superfícies que tais, da rede de transportes públicos de Lisboa. passam quase despercebidos, quase, porque felizmente nem toda a gente está desatenta às pequenas belas coisas que se nos dermos a trabalho de reparar, existem todos os dias à nossa volta.
mal a li, fez-me rir. e pensar. pensar que aparentemente ainda há que pense em fazer bem. incondicionalmente, pelos outros, não só por si. e fez-me pensar também no tempo que vejo tantas vezes perdido noutras formas de dar, e semear. mais comum seria provavelmente, um post-it com o escrito: “ a Vanessa não lava os dentes”, ou “o Zé é egoísta”, ou o recorrente “o Mundo é mau e a vida não presta”. mas não, este post-it não é de quem perde o tempo chorar a vida, não é de quem quer dar o que não gosta na mesma moeda. não é de quem acha que dois errados fazem um certo. não é de quem se acha melhor que os outros, ou mais sábio. não, não é. não é de quem acha nada. é pura e simplesmente de quem acorda a pensar em como fazer parar o mundo para um, mesmo que tão pequeno como este bocado de papel, momento de amor. sim, amor. porque só quem tem um coração cheio de coisas boas, é que se lembra em dar do seu tempo não para julgar ou culpar, mas sim para nos fazer lembrar, que na vida, podemos escolher a forma como nos queremos partilhar. e em dar, só por dar, como a forma deste simples post-it, sem nada para cobrar.
os meus sinceros parabéns a quem teve esta ideia que ainda mais parabéns merece por tê-la posto em prática neste mundo de chorosos que muito reclamam ou outro tanto que ainda mais pensam mas que pouco ou nada fazem. e agradeço ao meu querido “salta-pocinhas” , o "postador" no facebook, que está sempre tão atento para vida e para as coisas que nos aproximam mais um dos outros e da nossa condição humana.
um post-it destes por dia, nem sabiam o bem que vos fazia...

5 comentários:

Maldonado disse...

1. Antes de mais, era só para te informar que também já estou no Facebook. E já agora, fiz obras no meu canto. ;)

2. De facto o queixume, além da inveja, são características tipicamente portuguesas. Ou seja:
A nossa auto-estima é tão baixa que passamos o tempo a nos lamentarmos da vida que temos. Como não fazemos nada para melhorá-la, invejamos quem consegue ser bem sucedido...

Maldonado disse...

Desejo-te um feliz e caloroso Natal na companhia dos teus.
Boas Festas!

G! disse...

boa iniciativa sem dúvida. bjs

R* disse...

Adorei a ideia :)

b disse...

Ah Maldonado, está tb no facebook, com que nome?